Pesquisa

 

2013 - 2014

Popularização de fontes alternativas de energia através de competições de barcos movidos à energia solar fotovoltaica

Descrição: Este projeto teve como objetivo difundir o uso de fontes alternativas de energia através da participação em competições de barcos movidos a energia solar. Nesse contexto, pesquisadores da Universidade Federal Fluminense (UFF) e Escola Técnica Estadual Henrique Lage (ETEHL) uniram esforços para ampliar a participação das instituições fluminenses nessas competições. Esperou-se que com o aporte financeiro solicitado os pesquisadores proponentes pudessem modernizar suas equipes e ampliar a captação de estudantes universitários, motivando-os a estudar temas relacionados com fontes alternativas de energia. Também se almejou que alunos do ensino médio/técnico sejam encorajados a ingressar em cursos superiores voltados para as áreas tecnológicas.

Coordenador: Daniel Henrique Nogueira Dias.

Pesquisadores: Alunos.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

2013 - Atual

Desenvolvimento de um limitador de corrente de curto-circuito supercondutor

Descrição: Neste projeto de pesquisa é proposta a utilização de materiais supercondutores para o desenvolvimento de um limitador de corrente de curto-circuito supercondutor. Pretende-se realizar a modelagem (simulação), projeto e construção de um protótipo deste equipamento a partir da utilização de fios supercondutores de segunda geração (2G) em substituição aos condutores convencionais. Esses fios baseiam-se no supercondutor de alta temperatura crítica YBCO (óxido de ítrio-bário-cobre) e apresentam grande potencial para aplicação em sistemas elétricos. Também será realizado o estudo da implantação deste dispositivo em um sistema elétrico real, realizando o dimensionamento do equipamento bem como o ponto ótimo para alocação do mesmo.

Coordenador: Daniel Henrique Nogueira Dias.

Pesquisadores: Rubens de Andrade Jr, Sotelo, G G, Alexander Polasek  e Alunos.

Financiador(es): FAPERJ - Auxílio financeiro.

2012 - Atual

Desenvolvimento de um Transformador-Limitador de Corrente de Curto-Circuito com Fios Supercondutores de Segunda Geração

Descrição: Nessa proposta pretende-se projetar, construir e testar um transformador em escala reduzida utilizando materiais supercondutores em substituição aos condutores convencionais. O protótipo construído terá relação de transformação 220V:110V com potência de até 1 kVA. Pretende-se realizar prova de conceito dessa tecnologia com este projeto. Este transformador possuirá também a função de limitar correntes de curto-circuito, sendo denominado transformador-limitador de corrente supercondutor..

Coordenador: Sotelo, G G

Pesquisadores: Daniel Henrique Nogueira Dias, Rubens de Andrade Jr, Alexander Polasek, Sass, Felipe e Alunos.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

2011 - 2014

Criação do SUPERLAB: Laboratório de Supercondutores

Descrição: O principal objetivo deste projeto foi a criação do SUPERLAB, laboratório de supercondutividade aplicada da UFF. O laboratório proposto teve como metas a realização de pesquisas científicas básicas e o desenvolvimento tecnológico, através da construção de protótipos pilotos de dispositivos supercondutores de cunho prático. Com o SUPERLAB será possível fortalecer os grupos de pesquisa da engenharia elétrica da UFF. Posteriormente, em parceria com outros grupos será criada uma rede estadual de supercondutividade. Assim, a massa crítica do departamento de engenharia elétrica será ampliada e viabilizará a futura criação do mestrado em sistemas de energia na UFF. O SUPERLAB será um laboratório voltado para a realização de pesquisas básicas científicas e para o desenvolvimento tecnológico. Na parte científica, serão investigadas as propriedades dos novos materiais supercondutores e serão desenvolvidos modelos para realizar simulações e projetos de dispositivos que usam estes materiais. Quanto às pesquisas tecnológicas, através da construção de protótipos pilotos conceitos de funcionamento serão provados para o desenvolvimento de novos equipamentos para o setor elétrico e de transportes..

Coordenador: Guilherme Gonçalves Sotelo.

Pesquisadores: Daniel Henrique Nogueira Dias, Evandro Vidor Lins de Mello, Rubens de Andrade Jr, Richard Magdalena Stephan, Alexander Polasek e Alunos.

Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - fAuxílio financeiro.

2014 - Atual

Estudo de Bobinas com Fios Supercondutores de Segunda Geração para Aplicação em Equipamentos Elétricos

Descrição: Este projeto tem como objetivo estudar bobinas construídas com fios supercondutores de segunda geração (2G) para aplicação em equipamentos para sistemas de energia elétrica. Os fios 2G vêm apresentando grande potencial para diversas aplicações e pretende-se construir pequenos protótipos de bobinas, que serão testadas e simuladas no Laboratório de Supercondutividade Aplicada da UFF. As principais aplicações para essas bobinas serão equipamentos como: limitador de corrente de curto-circuito, transformadores supercondutores e máquinas elétricas. O uso de bobinas supercondutoras permitirá aumentar a eficiência energética dos equipamentos elétricos, assim como reduzir a massa e o volume desses dispositivos. Espera-se que com esses recursos, seja desenvolvida uma tecnologia de ponta para aplicação de equipamentos elétricos no estado do Rio de Janeiro, além de fortalecer os grupos de pesquisa nessa área na UFF. Também espera-se que recursos humanos, na área de Supercondutividade Aplicada em nível de graduação e pós-graduação possam ser formados.

Coordenador: Guilherme Gonçalves Sotelo.

Pesquisadores: Flávio G. R. Martins, Alexandre Polasek, Dias, Daniel Henrique Nogueira, Felipe Sass, Rubens de Andrade Junior, Fernando Jorge Monteiro Dias, Luís Micahel Martins Rocha, Paulo Pereira Machado Junior, Gabriel Ricardo Ferreira Queiroga Mafra e Alunos.

Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.

2012 - Atual

Desenvolvimento de um Transformador-Limitador de Corrente de Curto-Circuito com Fios Supercondutores de Segunda Geração

Descrição: Nessa proposta pretende-se projetar, construir e testar um transformador em escala reduzida utilizando materiais supercondutores em substituição aos condutores convencionais. O protótipo construído terá relação de transformação 220V:110V com potência de até 1 kVA. Pretende-se realizar prova de conceito dessa tecnologia com este projeto. Este transformador possuirá também a função de limitar correntes de curto-circuito, sendo denominado transformador-limitador de corrente supercondutor..

Coordenador: Guilherme Gonçalves Sotelo.

Pesquisadores: Rubens de Andrade Jr., Daniel H. N. Dias, Felipe Sass, Alexandre Polasek, Fernando Jorge Monteiro Dias, Luís Micahel Martins Rocha, Paulo Pereira Machado Junior, Gabriel Ricardo Ferreira Queiroga Mafra e Alunos.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

2014 - Atual

Realização da mostra: 2a Levita Rio!

Descrição: A segunda edição do Levita Rio será voltada para a divulgação pública do fenômeno que é a supercondutividade e sua aplicação. Após 25 anos de trabalho em pesquisa e desenvolvimento, o LASUP-Laboratório de Aplicações dos Supercondutores, irá inaugurar a primeira linha de teste em escala real de uma tecnologia única em transporte por levitação magnética 100% brasileira: o Maglev Cobra - O Trem de Levitação Magnética possui Tecnologia Nacional. A linha, ainda experimental, terá 200mts e servirá ao transporte de estudantes, professores e funcionários da COPPE/ UFRJ, na Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro, conectando os dois pólos da COPPE do Centro de Tecnologia da UFRJ. Inauguração do MaglevCobra, prevista para o dia 01 de outubro. Para que a sociedade tenha a possibilidade de conhecer este grande feito brasileiro, realizaremos pela segunda vez o evento LEVITA RIO, uma mostra pública dos desenvolvimentos e inovações para o transporte público por levitação, produzidos pelos pesquisadores brasileiros do LASUP, da COPPE e da Escola Politécnica da UFRJ, com o apoio das agências de fomento de CT&I e parcerias com a iniciativa privada. A mostra do 2º LEVITA RIO acontecerá como prévia da Inauguração do Maglev Cobra, e conectará o CT1 com o CT2 no campus da UFRJ. A exposição exibirá os experimentos e princípios da Levitação Magnética com imãs permanentes, além de um protótipo e um simulador do próprio trem Maglev Cobra e uma plataforma de levitação para que todos os visitantes possam vivenciar esta experiência. A mostra do 2º LEVITA RIO almeja preparar a sociedade para a tecnologia de levitação magnética sobre trilhos, evidenciando que o País pode e deve desenvolver as Inovações Tecnológicas de que necessita para crescer, gerar empregos e distribuir renda. Mais do que uma conquista isolada, eventos como esses mostram a importância do empenho, do apoio e do potencial das Inovações Tecnológicas para o meio acadêmico, para as indústrias e, sobretudo para o desenvolvimento, sustentabilidade e competitividade para o nosso País. O evento será realizado do dia 27 ao dia 30 de setembro, na calçada central das pistas da Avenida Atlântica, ao lado do Hotel Windsor (antigo Hotel Meridien). A programação será de acesso livre e gratuito durante quatro dias de evento: nos dias 27 e 28 de setembro receberemos o público em geral, estimado em mais de 5.000 pessoas; nos dias 29 e 30 de setembro estudantes de escolas técnicas e secundárias em grupos organizados, estimados em 1000 pessoas. O Maglev Cobra é de um projeto brasileiro que pode revolucionar o sistema de transportes no país. Consiste num trem flutuante capaz de viajar a cerca de 450 km/h entre o Rio de Janeiro e São Paulo a um custo de implantação equivalente a um terço do investimento em uma linha convencional de metrô. O Maglev Cobra é movido à levitação magnética e está em fase inicial de testes na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Além do baixo custo para implantação, sua manutenção pode ser até 50% mais barata e o resultado final é um veículo de transporte não poluente.

Coordenador: Guilherme Gonçalves Sotelo.

Pesquisadores: Roberto Nicolsky, Richard M. Stephan, de Andrade Jr, R

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

2011 - Atual

Mancais Magnéticos e Motores-Mancais

Descrição: Trata-se da pesquisa relacionada ao projeto e construção de mancais magnéticos para máquinas rotativas e à pesquisa do denominados mancais-motores magnéticos. A pesquisa visa novas configurações utilizando o controle ativo de correntes elétricas em enrolamentos sem ou com a presença de imãs permanentes. Também variantes dos denominados motores-mancais magnéticos são previstas, como continuação de projetos anteriores. O método de elementos finitos continuará sendo uma ferramenta valiosa para a confirmação analítica de novas propostas. Adicionalmente, o emprego de processadores de alta velocidade será preferida, em função da complexidade e acoplamento de variáveis dos rotores em movimento. A parceria com colegas da UFRJ continuará sendo mantida.

Coordenador: Jose Andres Santisteban Larrea.

Pesquisadores: R. M. Stephan, Del Nero Gomes A. C., Domingos de Faria Brito David e Alunos.

Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1

2005 - Atual

Motor de Relutância Chaveado de Fluxo Axial

Descrição: Trata-se da pesquisa relacionada a um motor de relutância chaveado de fluxo axial, com seis pólos no estator e 4pólos no rotor. Diferente dos motores de relutância convencionais, o fluxo de entreferro, é paralelo ao eixo de rotação. Esta estrutura é apropriada para ser acoplada às próprias rodas de um veículo. Nestes últimos anos foram avaliadas, através do método de elementos finitos, as indutâncias do motor e sua influência no torque resultante. Na sequencia da pesquisa, está previsto o estudo de técnicas de controle que minimizem os harmônicos de torque.

Coordenador: Jose Andres Santisteban Larrea.

Pesquisadores: Felipe Sass, Eric Serge Sanches e Alunos.

Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 2

2000 - Atual

Inversores Multinível

Descrição: Trata-se de aplicações de inversores de três níveis em sistemas elétricos, tais como acionamento de máquinas rotativas, compensadores de reativos e filtros ativos. Os trabalhos, até o momento foram desenvolvidos com alunos de iniciação científica, antes do início do PPGEET.

Coordenador: Jose Andres Santisteban Larrea.

Pesquisadores: André Slanic Santos Lopes, Marcelo de Almeida Lopes, Bruno Frickmann Mundstock, Natã dos Santos Lopes Gomes, Guilherme Baumann Corrêa e Alunos.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Número de orientações: 9.